Orientação é para não acessar os links que estão chegando pelo aplicativo de mensagem. Dúvidas, procurar o CRAS.

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seads), por meio do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), emitiu, nesta quarta-feira (21.fev.2024), um alerta aos beneficiários de programas sociais no município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá) para não acessar nenhum link que chegar por aplicativo de mensagem (WhatsApp), pois se trata de uma nova modalidade de golpe que está sendo aplicada no País.

A orientação aos beneficiários é que nenhuma atualização cadastral está sendo realizada por telefone. O link que chega no WhatsApp pode servir para o roubo de informações como senhas, dados financeiros, dados bancários, números de cartões de crédito ou simplesmente dados pessoais. Em posse dos dados, os golpistas estão sacando valor do benefício. Em vários Estados já ocorreram registros de beneficiários que receberam mensagens pelo WhatsApp solicitando dados para atualização cadastral. Muitos já perderam seus benefícios e o dinheiro que tinham na Caixa foi sacado.

Ao receber qualquer link, seja por WhatsApp ou mensagem de texto, o usuário não deve fornecer nenhuma informação pessoal, não compartilhar o link entre seus contatos, não fazer downloads sugeridos por esses sites, nem conceder permissão para receber notificações, pois essas ações podem espalhar o arquivo infectado para outras pessoas e servir como porta de entrada para recebimento de outros sites maliciosos.

“Nossa intenção é avisar à população que isso é totalmente falso. Não caia em golpe”, explicou a primeira dama e secretária de Assistência Social, Priscila Dourado.

LEIA MAIS