A MT-465 chegou a ter o tráfego interrompido devido aos estragos. Equipes da prefeitura já trabalham na recuperação da via.

Trechos da MT-465, na Serra Preta, foram cortados devido a força da enxurrada.

As fortes chuvas que atingiram o município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá) na noite desta segunda-feira (26.jan.2024) causaram estragos nas estradas rurais, especialmente das regiões do Distrito do Buriti, Rio do Peixe, Gato Preto e Colônia do Ariranha. Logo nas primeiras horas desta terça-feira (27) equipes da Secretaria de Obras e Infraestrutura (Sintraf) foram deslocadas para a MT-465, na localidade conhecida como Serra Preta, para contabilizar os estragos causados pela tempestade e restabelecer o tráfego, visto que a estrada foi cortada pela força da enxurrada.

Segundo os moradores da região, choveu forte por cerca de três horas, o que nunca havia ocorrido. Na MT-465, que liga a sede do Distrito do Buriti e a região do Rio do Peixe, trechos da via que foram cortados já receberam um primeiro patrolamento para garantir a passagem de veículos. A equipe da Secretaria de Obras e Infraestrutura segue durante todo dia na localidade executando os reparos na via, o que deve ser concluído até o final do dia. Devido a forte chuva, estragos em outros trechos da estrada foram informados por moradores da localidade. Na região da Colônia do Ariranha, na MU-10, um trecho também está comprometido.

O prefeito Gustavo Melo (PSB) acompanha atentamente a situação. Ele pediu empenho total da equipe de Obras e Infraestrutura nos reparos. “Pedimos compreensão aos produtores, já que iniciamos os reparos nos locais mais críticos e assim sucessivamente vamos desenvolver nosso trabalho. O foco inicial foi restabelecer o acesso, especialmente na região da Serra Preta, onde os estragos foram mais consideráveis. A chuva foi muito forte e chegou a interromper a trafegabilidade. Trabalhamos no sentido de recuperar alguns pontos. Chegando na região do Rio do Peixe a estrada foi bem danificada. Na MT-481, no entroncamento com a MU-10, também está intransitável. Já trabalhamos para estabelecer o tráfego em todas essas regiões afetadas”, disse.

ALERTA MÁXIMO

O chefe do Executivo também mencionou que a Prefeitura está em alerta devido a reta final da temporada de chuvas na região. “É um período de chuva muito mais intenso intenso. Estamos alertas para poder atender as necessidades que por ventura possam surgir. Assim que passar esse período mais agudo de chuvas será empreendido um trabalho de patrolamento das principais vias de acesso às propriedades rurais”, citou.

Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1

LEIA MAIS