Programa é inédito e objetivo é construir 740 unidades habitacionais. Cadastramento de famílias interessadas começa nesta segunda-feira, dia 11.

A Prefeitura do município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá) abrirá, a partir do próximo dia 11 de novembro, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEADS), uma chamada pública para cadastramento de famílias interessadas em se beneficiar com o Programa de Habitação Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal. A ação será por meio de parceria entre o Poder Executivo, Câmara de Vereadores e a Caixa Econômica Federal.

O anúncio do lançamento do cadastramento do Programa aconteceu nesta terça-feira (5) em um encontro entre o prefeito Gustavo Melo; vice-prefeito Freud Fraga (DEM); vereadores Jorge Melo, Clodoaldo Fernandes, Henrique Pyter, José Ayrton e Vanderlei Luiz Marques e os secretários Welton Vilela (Finanças) e Priscila Dourado (Assistência Social). Os vereadores Deusdete Xixica e André Leal não puderam comparecer porém justificaram ausência.

A proposta encabeçada pelo prefeito Gustavo Melo, por meio de parceria com a Caixa Econômica, é iniciar um grande programa habitacional em Alto Araguaia. “Em termo populacional e de demanda este é o maior, inédito e pioneiro programa de habitação. A proposta visa a construção de 740 unidades”, pontua o gestor.

Para receber as inscrições será montada uma sala para atendimento das famílias interessadas na sede da prefeitura. Os atendimentos serão a partir de segunda-feira (11) e devem se estender por 20 dias. Para o cadastramento os interessados deverão apresentar documentos pessoais, comprovante de renda familiar, extrato do FGTS e Declaração de Imposto de Renda (caso tenha), entre outros.

Após o processo de inscrição a documentação será encaminhada para Caixa Econômica. Esta será responsável pela análise da documentação e definição dos contemplados pelo Programa Minha Casa Minha Vida em Alto Araguaia.

DISCUSSÕES - A implantação do Programa Minha Casa, Minha Vida em Alto Araguaia foi discutido em um primeiro momento pelo prefeito Gustavo Melo (PSB) com o gerente regional de Construção Civil da Caixa Econômica Federal em Cuiabá, João Gilberto Rufini. O tema voltou a ser pauta em reunião no último dia 10 de outubro em um encontro entre o gestor, a secretária de Assistência Social, Priscila Dourado Martins e o gerente da Caixa Econômica de Alto Araguaia, Higor Carlos Almeida. Em um terceiro momento, o prefeito, novamente com o gerente da Caixa local, se reuniu com vereadores e apresentou a proposta.

“Por meio deste cadastro, teremos condições de fazer um levantamento da quantidade de casas a serem construídas e o perfil das famílias beneficiárias. Queremos, por meio dessa ação, criar condições para que as pessoas tenham acesso ao Programa Minha Casa Minha Vida e consequentemente possuir o seu imóvel. Vamos, através dessa parceria, promover o sonho da casa própria ao invés de entregar o terreno. A prefeitura, por meio da nossa gestão, dará todo apoio necessário aos moradores interessados”, disse o prefeito Gustavo Melo.

AVANÇO EM HABITAÇÃO - O lançamento da chamada pública para cadastramento de famílias interessadas em se beneficiar com o Programa de Habitação Minha Casa, “Queremos criar um bairro estruturado que assegure aos moradores uma melhor qualidade de vida. Nesta primeira etapa queremos levantar a demanda e conhecer a aptidão dos inscritos. Tenho certeza que é muito mais fácil o morador pagar o imóvel do que ficar pagando aluguel. A proposta é inovadora em Alto Araguaia. Precisamos avançar e pensar de maneira moderna”, frisou o prefeito.

LEIA MAIS