Os moradores do Distrito do Buriti e região, em Alto Araguaia (415 km de Cuiabá), tiveram um início de semana dedicado a serviços de saúde e cidadania através do Mutirão Rural. A ação foi uma oportunidade para atualizar ou emitir documentos, obter informações sobre o direito do cidadão, realizar exames preventivos e testes rápidos. O evento atendeu 214 pessoas da comunidade nesta segunda-feira (11).

Organizado pela Prefeitura do município, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Sindicato Rural e parceiros, o mutirão contabilizou mais de 1000 atendimentos, como exames odontológicos, oftalmológicos, produção de óculos, vacinação contra a covid-19 e gripe. Na área documental, a comunidade pode plastificar documentos, emitir título de eleitor, RG, carteira do idoso, 2ª via de certidões, alistamento militar, orientações jurídicas. A doação de roupas, ovos de chocolate, mudas de plantas, corte de cabelo, foto 3x4, palestras, recreação com crianças, também foi disponibilizado. Além dos serviços oferecidos, a Prefeitura ofereceu café da manhã, almoço e café da tarde para a população.

O prefeito Gustavo Melo acompanhou o evento desde a organização. O gestor destacou a importância das parcerias. “Com as parcerias, os serviços chegam mais perto do cidadão. Não medimos esforços para realizar esta ação. Aqui humanizamos, valorizamos e levamos cidadania para quem está distante da cidade. O mutirão foi um sucesso e vamos continuar para mais benefícios à população”, disse.

O coordenador do Senar, Eduardo Pio, pontua que a ação é uma forma de aproximar e fortalecer os serviços oferecidos pelos órgãos públicos além de promover acesso a outros serviços. “Desde o começo da manhã a presença da comunidade foi grande. A prefeitura não mediu esforços para trazer diversos profissionais e serviços para complementar. Atingimos o nosso objetivo que é levar cidadania”,

Morador da região, Silvio Elias conta que enquanto trabalhava com o gado na fazendo, um amigo lembrou dos serviços oferecidos no mutirão. “Eu estava trabalhando e me perguntaram se eu vinha. Parei o serviço na hora”, disse. Na ocasião, Silvio relatou como foi o atendimento na consulta oftalmológica. “Atendimento muito bom. O custo para ir na cidade fica alto. Aqui com 40 minutos cheguei e não gastei nada. Tempo que não tínhamos esse movimento aqui”, complementa.

Para garantir e facilitar o acesso aos serviços públicos para a população, o Mutirão Rural contou com 17 parceiros. Entre eles, Poder Judiciário, Governo de Mato Grosso, Cejusc, Politec, Cartório de 1º Ofício, Cartório de 2º Ofício, Cras, Creas, Polícia Militar, Patrulha Rural, Polícia Judiciária Civil, Ministério Público, Defensoria Pública, Cartório Eleitoral, Sicredi e Comiva.

O evento reuniu 48 colaboradores. Estiveram presentes todos os secretários municipais junto dos vereadores Ricardo Barbosa, Odair Ferruja e Clodoaldo Fernandes.

LEIA MAIS