$urlimagem[0]

Alto Araguaia, MT – A chuva intensa dos últimos dias deu uma trégua e a prefeitura de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá) iniciou de forma imediata, nesta segunda-feira (18.02), uma operação tapa-buracos em ruas e avenidas na cidade. O prefeito Maia Neto (PR) mobilizou as equipes da Secretaria de Obras e Infraestrutura Urbana para realização da ação. O trabalho de recuperação das vias iniciou-se pela Rua Joaquim Estevão de Melo, que dá acesso ao Bairro Cohab 1 e 2. [caption id="attachment_18556" align="alignright" width="319"]CAM00084 Trabalho iniciado hoje visa melhorar trafegabilidade nas ruas do município[/caption] A operação deve ser estendida a todo perímetro urbano da cidade. A Rua Joaquim Estevão de Melo foi a primeira a receber o trabalho devido ao estado de trafegabilidade, bem como por ser uma das vias de acesso mais movimentadas do município ao interligar dois bairros. Os procedimentos de recuperação contam com técnica e material de qualidade. Antes da aplicação do produto, os homens envolvidos ‘cavam uma espécie de gaveta’ em torno do buraco que é imediatamente forrado com asfalto e logo em seguida compactado. O trabalho inicial da operação tapa-buracos em Alto Araguaia prevê a aplicação de cerca de 40 toneladas de emulsão asfáltica. Porém, a prefeitura local deve concluir nos próximos dias uma licitação para compra de mais pavimento asfáltico. O trabalho vai prosseguir dependendo das condições climáticas e não tem data para terminar. “Vamos estender por todas as ruas do município”, afirmou o secretário Juldésio Borges de Oliveira. Cerca de 15 homens, dois caminhões caçamba e equipamentos estão envolvidos no trabalho. “Alto Araguaia têm sofrido com as chuvas. As ruas estão esburacadas. Mas é compromisso nosso atuar firmemente para mudarmos esse cenário. Em breve nossa cidade estará totalmente recuperada e transformada. Será um cenário totalmente diferente com a ação que estamos empreendendo e com as demais que vamos desenvolver”, disse o prefeito Maia Neto. Além do clima, o bom andamento da operação também depende da colaboração da população local. Um dos pedidos é para que moradores não molhem o asfalto quando homens estiverem executando o trabalho para não comprometer a fixação da emulsão asfáltica. Além disso, é extremamente importante que motoristas e motociclistas respeitem a placa e os cones de sinalização e não trafeguem pelas vias que estão recendendo o pavimento.

LEIA MAIS