Agência é alvo de reclamações por prestar atendimento de duas a três vezes na semana. Relato é de dificuldade na prestação de serviços e nas transações.

Prefeito Gustavo Melo e representantes da ACEAIA estiveram em Cuiabá nesta terça-feira

O prefeito do município de Alto Araguaia, Gustavo Melo (PSB), a presidente da Associação Comercial e Empresarial (ACEAIA), Marilene Gomes Rezende, o presidente do Conselho Fiscal da entidade, Vanderlei Fraga, o Zinho, e o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso (FACMAT), Jonas Alves estiveram reunidos em Cuiabá, nesta terça-feira (11), com o gerente de negócios da superintendência do Banco do Brasil, Luciano Alves Ferreira dos Santos. Durante o encontro foi discutida a situação da agência local, alvo de constantes reclamações por conta do atendimento reduzido e do parcial funcionamento de diversos serviços. 

Empresários, comerciantes, produtores rurais e clientes tem procurado a prefeitura e a ACEAIA para relatar problemas e dificuldades na prestação de serviços oferecidos pelo Banco do Brasil em Alto Araguaia. Em muitos casos a agência tem prestado atendimento ao público de duas a três vezes na semana, o que provoca a prestação reduzida de muitos serviços e a impossibilidade de realizar transações. 

O objetivo do encontro foi levar as demandas aos representantes da superintendência. Essa deficiência no atendimento tem impactado na rotina dos moradores, gerado transtornos e até prejuízos para quem busca atendimento na agência. 

“A característica da nossa administração é a gestão participativa e o diálogo. Fomos com a presidente da Associação Comercial de Alto Araguaia, a Marilene, o presidente do Conselho Fiscal o Zinho e o representante da FACMAT apresentar a deficiência no atendimento da agência do Banco do Brasil à superintendência. O que cobramos foi uma solução imediata e eu o atendimento seja normalizado”, disse o prefeito Gustavo Melo.

LEIA MAIS