O benefício será suspenso a partir de janeiro para quem não realizar o cadastramento

o Cras fica localizado na Avenida Vereador João Ferreira, Bairro Nossa Senhora Aparecida.

O prazo para idosos de Alto Araguaia (MT) que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) serem inclusos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), foi prorrogado até o dia 21 de dezembro. O processo é obrigatório para manutenção dos beneficiários e atende uma exigência do Governo Federal. O titular que não realizar o procedimento poderá ter o benefício suspenso a partir de janeiro.

De acordo com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município, até o momento, de 338 idosos, pouco mais de 50 pessoas realizaram o cadastro, número abaixo da média. Para atualização, os beneficiários devem procurar o Cras, localizado na Avenida Vereador João Ferreira, Bairro Nossa Senhora Aparecida. 

“Alguns dependem deste dinheiro para comprar remédio, coisas para a casa e até mesmo viver. Isso nos preocupa ainda mais caso não haja a procura”, comenta a gestora do Programa Bolsa Família, Silvane Velasco. O Centro de Referência, orienta que é importante o idoso ir acompanhado de um responsável. Nos casos em que o idoso tenha dificuldade de locomoção, deve procurar o Cras para que possam realizar o atendimento.

Para fazer o cadastro ou a atualização, é necessário apresentar a cópia do CPF, RG, Título de Eleitor e comprovante de endereço do idoso. O atendimento acontece de segunda-feira às sextas-feiras, das 8h às 11h e das 12h às 18h (Horário de Brasília). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (66) 3481-3037.

LEIA MAIS