As atividades são realizadas a cada semana em uma Unidade Básica de Saúde, e uma vez por mês acontece o encontrão de todas as unidades.

Réulliner Rodrigues

O Projeto Geração Saúde tem mudado a rotina dos participantes através de exercícios físicos e orientações sobre alimentação saudável em Alto Araguaia (MT). “Meu físico mudou, minha saúde melhorou, a pressão está normal, está tudo bem né”, relatou seu Antônio Ferreira Machado, de 73 anos, integrante. As atividades com o encontrão dos pacientes atendidos pelas cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, encerram nesta sexta-feira (29) em confraternização na sede da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB).

A iniciativa que começou com três participantes em cada UBS, atualmente atende cerca de 100 pessoas, a maioria idosos, hipertensos e diabéticos. A confraternização realizada pela Secretaria de Saúde (SMS), em parceria com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e a Justiça do Trabalho, contou com a realização de exercícios físicos e café da manhã.

A cada dia da semana as atividades são realizadas em uma unidade diferente atendendo todos os bairros. O projeto busca trabalhar não apenas o corpo, mas também o psicológico, como explica a Juíza do trabalho, Karina Rigatto. “É uma atividade que vai além do físico, é uma atividade psicológica, por que tira o idoso do isolamento e o coloca em meio a um espaço que vai aumentar a autoestima dele e o círculo de amizades”, afirma.

A secretária de Saúde, Manoela Nunes de Souza, contou que através de parcerias o projeto foi beneficiado com 100 pares de tênis, camisetas e mais de 320 itens de ginastica. “O projeto tem atendido as expectativas, por isso estamos empenhados em buscar recursos que o torne cada vez maior, tanto que conseguimos que todos as UBS participassem do projeto que também já foi premiado pela inovação e resultados”, disse.

“Isso mostra que o trabalho da equipe da saúde, do Nasf está trazendo resultados para a população de Alto Araguaia. É gratificante ver a alegria dessas pessoas e como eles tem abraçado o projeto além dos parceiros”, conta o fisioterapeuta do Nasf, Maciel Peruchi.

“Queremos a ampliação para que mais pessoas venham participar. Com o novo grupo no UBS Central, o próximo passa a ser a doação de tênis e camisetas para os novos integrantes”, finaliza a Juíza Karina Rigatto.

As atividades do projeto entram em recesso após o dia 20 de dezembro, e voltam no próximo ano.

Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1

LEIA MAIS