Proposta encabeçada pela Assistência Social e CRAS de Alto Araguaia levou informação e entretenimento às mulheres e crianças atendidas pelos dois programas

Atividades ocorreram durante toda manhã de sábado

Mulheres assistidas pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do município de Alto Araguaia (415km de Cuiabá) tiveram uma manhã de atividades neste sábado (10). O evento ‘Alto Araguaia Fortalecendo as Mulheres’, organizado pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), ocorreu na Associação de Moradores do Bairro Nossa Senhora Aparecida e reuniu cerca de 250 pessoas dos dois programas.

A proposta integra uma iniciativa da gestão pública municipal em comemoração ao Dia Internacional da Mulher visando debater empoderamento feminino, respeito e direitos das mulheres. As atividades incluíram apresentações culturais com a crianças do SCFV, desenvolvido por uma equipe multidisciplinar do CRAS, e duas palestras. A primeira abordou o direito da mulher com defensora pública Drª Tathiana Franco, que ainda esclareceu dúvidas das ouvintes. A médica ginecologista e obstetra, Mônica Reis e Silva Cazoni, abordou na segunda palestra cuidados com a saúde da mulher, principalmente em torno da alimentação, métodos contraceptivos e a necessidade de uma visita regular ao médico.

As profissionais da Assistência Social e do CRAS incluíram na programação outro aspecto que precisa ser levado em consideração especialmente pelas mulheres: a necessidade de se praticar regulamente exercícios físicos. Para falar sobre o assunto e mostrar na prática foi convidado o professor em educação física e personal trainer André Léllis, da Personal Fitness Academia. Foram cerca de 10 minutos de atividades utilizando apenas uma cadeira.

Para finalizar a manhã alusiva ao Dia da Mulher uma apresentação teatral abordou um tema atual: a violência física ou verbal contra a mulher. Encenada pela Companhia de Teatro Nós do Araguaia, do Grupo Mutantes em Cena, a peça intitulada ‘Meu Dia de Maria da Penha’ chamou a atenção pela realidade cênica. O objetivo foi mostrar que independente das agressões, uma vez violentada, a mulher carrega as cicatrizes físicas e psicológicas para o resto da vida.

A secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Priscila Dourado, ressaltou que a política de valorização das mulheres araguaienses foi intensificada a partir de 2017 por determinação do prefeito Gustavo Melo (PSB). Segundo a titular da pasta, eventos como o de sábado serão uma constante junto a secretaria. “Nesta semana comemoramos o Dia Internacional da Mulher e nada mais justo que levar informações e entretenimento às mulheres ao passo que parabenizamos a todas mulheres, que são mães, guerreiras e batalhadoras. Fizemos esse evento pensando em vocês”, disse.

Ao final da atividade, foi servido um coffee-break aos participantes.

Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1

LEIA MAIS