Foi iniciado nesta quinta-feira (9) e segue nesta sexta-feira (10) o curso de Boas Práticas de Fabricação (BPF), oferecido pela Prefeitura de Alto Araguaia, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente (SEMAPA). A capacitação ocorre no auditório da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), campus local, e conta com o envolvimento de cerca de 100 participantes. A carga horária é de 08 horas.

O curso é ministrado pela nutricionista Ana Paula Quezadas. Durante o primeiro dia de capacitação a profissional abordou a legislação federal de boas práticas de fabricação, afim de capacitar os profissionais inscritos a melhorar a confecção do produto. “É um curso necessário para se vender um produto com melhor qualidade. Como ocorre a fiscalização da vigilância sanitária e do PROCON, os participantes vão saber como adequar de forma correta o ambiente de trabalho e manipular o alimento de forma segura”, afirmou a nutricionista.

Gerentes, coordenadores, multiplicadores e analistas envolvidos com o sistema de gestão da qualidade e com o processo produtivo de alimentos no município participam do curso.

Para a participante Adriana Bertani da Costa, agricultora familiar e comerciante de produtos hortifrutigranjeiros, o curso é importante, visto que os produtos que comercializa chegam aos supermercados, feiras municipais e alcançam as crianças nas escolas por meio da merenda escolar. “Precisamos desse treinamento e conhecimento. Saber quais são as regras para manusear de forma correta os produtos que produzimos e trazer o melhor possível tanto para nossa saúde, quanto para saúde dos nossos consumidores é fundamental”, disse.

O secretário de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, João Dias, ressaltou que o curso é importante para o município, pois visa garantir a comercialização de produtos de qualidade, além de promover a capacitação de forma gratuita. “O foco promover a capacitação. O prefeito Gustavo Melo tem essa preocupação. É uma oportunidade para as pessoas se qualificarem de forma gratuita. Com esse curso, os resultados serão produtos de qualidade e excelência a disposição dos consumidores no mercado”, acredita o secretário.

LEIA MAIS